X

Receba nossa programação por email

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS:

“Caos aéreo”: Presidente da Passaredo aceita convite de Randolfe e visitará o Amapá

03 outubro 2012

“O Brasil necessita urgentemente de uma politica de incentive a aviação regional”. Essa foi a conclusão do Senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) em reunião nesta quinta-feira (16) com o presidente da empresa Passaredo Linhas Aéreas, Jose Luiz Felício Filho e o diretor de relações institucionais, Jorge Alberto Viana.

No encontro realizado em São Paulo, Randolfe se colocou à disposição da empresa para ser o interlocutor entre a Passaredo e o governo do estado do Amapá. Com a possibilidade de discutir alternativas de incentivo fiscal que possibilitem a chegada da empresa ao estado, o presidente e o diretor da Passaredo, aceitaram o convite de Randolfe para uma visita ao Amapá, onde poderão conversar com o Governador Camilo Capiberibe e o presidente da Assembleia , Júnior Favacho.

Felício fez uma análise dos problemas do sistema aéreo brasileiro que implicam em falta de investimentos em infraestrutura para um setor que cresce desenfreadamente. Para as empresas regionais os desafios são ainda maiores. Altos custos do querosene, ausência de infraestrutura para empresas regionais em aeroportos rentáveis e no interior do País. “O sistema regional foi se decompondo nos últimos 10 anos”, declarou o presidente da Passaredo. A possibilidade é de que a empresa comece a operar voos inicialmente de Macapá para Belém.

 “Caos aéreo”: Presidente da Passaredo aceita convite de Randolfe e visitará o Amapá

Para Randolfe é preciso preencher essa lacuna no investimento para a aviação regional. O senador convidou o presidente da Passaredo para participar da audiência pública da Comissão de Meio Ambiente Fiscalização e Controle do Senado Federal, que irá debater com o governo e a ANAC o “‘caos aéreo” no Norte e Nordeste. A audiência está prevista para o final deste mês e o requerimento é de autoria de Randolfe e do senador João Capiberibe (PSB-AP).

Nesta sexta-feira (17) Randolfe tem agenda marcada com o presidente da Map Linhas Aéreas, Marcos José Pacheco, empresa que também tem interesse em operar voos para Macapá em 2013.

A reunião realizada nesta quinta-feira integra uma ofensiva do Senador Randolfe Rodrigues contra o “duopólio” das empresas TAM e GOL, as únicas que operam voos para o Estado do Amapá, e que em certos períodos do ano cobram valores exorbitantes em passagens aéreas emitidas para voos partindo de Macapá e que chegam a Macapá. Além de disponibilizarem pouquíssimos voos para o Estado. O Senador denunciou as duas empresas no CADE e na ANAC.

Participe do Aviação Regional: Impactos do Novo Plano para a Infraestrutura

Data: 06/12/2012

+ informações

Receba mais informações sobre o seminário.