X

Receba nossa programação por email

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS:

Defesa do aumento de investimento em infraestrutura de transportes pela APM Terminals

10 setembro 2014

GUIA MARÍTIMO

É provável que sejam necessários investimentos estrangeiros diretos para cobrir os custos incorridos

A APM Terminals recorreu para um aumento no investimento em infraestrutura de transporte para a América Latina em resposta as projeções de crescimento econômico e populacional da região.
Segundo mostrou o Lloyd’s List, o vice-presidente e diretor financeiro da APM Terminals, Christian Moller Laursen, destacou que tais projeções ainda não foram acompanhadas pelo investimento em infraestrutura portuária e transporte necessários para acomodar o aumento crescente de logística e comércio econômico que serão exigidos ao longo da próxima década.
“As últimas projeções das Nações Unidas veem um crescimento de quase 11% da população da América Latina para 690 milhões em 2025, quase 200 milhões a mais do que a população atual total dos países da União Europeia”, observou Laursen.
O rendimento total do recipiente para América Central e América do Sul, em comparação, cresceu apenas 1% em 2013, para 45,7 milhões de Teus.
O Brasil, a maior economia da América Latina, manuseou 8,6 milhões de Teus em 2013, aproximadamente o mesmo número que o porto de Antuérpia, o terceiro maior porto em movimentação de contêineres da Europa, explicou. “Este mau desempenho só se tornará mais agudo, sem uma estratégia nova e revigorada para abordar e promover o investimento em infraestrutura necessário”, diz.
Ainda segundo o Lloyd’s List, é provável que sejam necessários investimentos estrangeiros diretos para cobrir os custos incorridos.
A APM Terminals detém uma participação de 50% na BTP (Brasil Terminal Portuário), um dos terminais que mais movimentam contêineres na América Latina.

Participe do 2º Encontro Nacional Portos: Investimentos e Logística

Data: 14/11/2014

+ informações

Receba mais informações sobre o seminário.