X

Receba nossa programação por email

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS:

Fundos de investimento em serviços e empresas miram petróleo e gás

20 agosto 2012

G1

Os desafios tecnológicos do pré-sal e a necessidade de melhoria no alcance das metas de conteúdo local na indústria de petróleo e gás estão trazendo oportunidade de investimento para fundos voltados a empresas, serviços e produtos. A Associação Brasileira de Private Equity & Venture Capital (ABVCAP) está convocando empresas da cadeia produtiva de óleo e gás para se candidatarem a receber investimentos.

Além de financimento, o investimento será em forma de parceria em gestão empresarial e governança corporativa, deixando o empreendedor focado no desenvolvimento de produtos e serviços. Por meio destes fundos, investidores tornam-se sócios de empresas com potencial de crescimento, explica Christian de Castro, consultor de empresas da (ABVCAP).
As empresas da cadeia produtiva de petróleo e gás, tanto de produtos quanto de serviços, interessadas em investimentos têm até a sexta-feira (17) para se inscrever no site da associação. Os fundos são voltados para empresas com faturamento de R$ 5 milhões a R$ 100 milhões.

Entre as empresas inscritas, de 20 a 25 serão escolhidas para um período de treinamento e capacitação, realizado por consultores da associação. Depois, serão selecionadas em torno de dez serão para apresentarem, em setembro, no Rio de Janeiro, seus planos de negócios em um evento do setor — diretamente para os principais gestores e investidores da área de private equity e venture capital, explicou Castro.

Requisitos

O consultor explica que as empresas interessadas têm de apresentar inovação no processo de produção, na estratégia comercial e de marketing, e no modelo de negócios. Seus produtos devem ter vantagens competitivas e o empreendimento tem de ter rentabilidade. As inscrições devem ser feitas no site www.ventureforum.com.br, onde o interessado vai obter mais informações.

Segundo Castro, o interesse pelos fundos vem aumentando, principalmente com a política de redução de juros. Para atender à demanda a associação passou a realizar fóruns para selecionar empresas candidatas aos investimentos. O primeiro foi em São Paulo, em abril, que reuniu candidatas de diferentes ramos e resultou em sete empresas já em fase final de negociação com investidores. O fórum de óleo e gás no Rio é o segundo a ser realizado pela associação, que já organiza o próximo, para empresas de TI, cuja convocação já está aberta até dia 31 de agosto.

R$ 3 bilhões para Inova Petro

Na segunda-feira (13), a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, assinou um projeto de R$ 3 bilhões para o desenvolvimento de fornecedores brasileiros para a cadeia produtiva da indústria de petróleo e gás natural. O projeto Inova Petro, em parceria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), tem como objetivo melhorar o conteúdo local da indústria de petróleo e gás.

Participe do Fórum Internacional de Executivos de Conteúdo Local

O evento reuniu os players de toda a cadeia de Petróleo e Gás para abordar como o setor deve se planejar para atender à demanda e garantir a competitividade da indústria nacional. Quais são os novos prazos e custos previstos no Plano de Negócios da Petrobras 2012- 2016 para o setor? Essas e outras questões foram esclarecidas no encontro de Conteúdo Local na indústria de P&G no Brasil.

Data: 10/08/2012

+ informações

Receba mais informações sobre o seminário.