X

Receba nossa programação por email

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS:

Governo pensa em cobrar por quilômetro rodado em licitação de rodovias

07 julho 2017

Por Fernanda Pires | Valor SÃO PAULO

O governo estuda a possibilidade de os editais das novas concessões federais de rodovias introduzirem o chamado “free-flow”, mecanismo de arrecadação por quilômetro percorrido sem cancela física, que substitui as praças de pedágio por um sistema de uso de radiofrequência e vídeo para registrar a passagem dos dos veículos.

“Vamos ver se com o tempo conseguimos migrar para esse sistema”, disse o diretor do Departamento de Concessões da Secretaria de Fomento e Parcerias do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Fábio Luiz Lima de Freitas. Uma possibilidade, disse Freitas, seria dar uma compensação para as concessões que aderirem ao “free-flow”.

O mecanismo, muito utilizado em países desenvolvidos, é defendido pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR), que reclama de problemas como inadimplência no modelo atual. O mecanismo do “free-flow” foi adotado nas duas últimas concessões de rodovias do governo do Estado de São Paulo: a dos Calçados (Itaporanga-Franca) e a do Centro-Oeste Paulista (Florínea-Igarapava).

Participe do CONCESSÕES DE RODOVIAS: NOVA MODELAGEM, SOLUÇÕES E FINANCIAMENTO

Data: 07/07/2017

+ informações

Receba mais informações sobre o seminário.