X

Receba nossa programação por email

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS:

Lucro líquido das aéreas recua 20,8%

02 outubro 2012

Valor

A aviação mundial acumulou lucro líquido, após impostos, de US$ 1,5 bilhão no segundo trimestre, um recuo de 20,8% ante o resultado de igual período do ano passado, de US$ 1,9 bilhão, informou ontem a Associação Internacional do Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês).

O levantamento considera uma amostra de 42 empresas aéreas e não inclui o desempenho da American Airlines, em processo de recuperação judicial.

De acordo com a entidade, o lucro operacional das companhias aéreas, em todo o mundo, foi de US$ 6 bilhões, o que representou um aumento de 32,6% em relação aos US$ 4,7 bilhões registrados no segundo trimestre do ano passado.

O melhor resultado regional, no segundo trimestre, foi registrado pela América do Norte, com lucro líquido, após impostos, de US$ 1,8 bilhão. A região Ásia-Pacífico ficou em segundo lugar, com US$ 240 milhões. No Oriente Médio, o lucro foi de US$ 41 milhões. Na América Latina, o resultado líquido ficou próximo a zero. As companhias aéreas da Europa, por sua vez, tiveram prejuízo líquido, após impostos, de US$ 535 milhões.

A Iata também divulgou que os preços do petróleo aumentaram 20% em julho, na comparação com o mês anterior.
Os preços das ações das companhias aéreas acumularam queda de 2% em julho, na comparação com o mês anterior, segundo o índice global de companhias aéreas da Bloomberg. (AK)

Participe do Aviação Regional: Impactos do Novo Plano para a Infraestrutura

Data: 06/12/2012

+ informações

Receba mais informações sobre o seminário.