X

Receba nossa programação por email

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS:

Plano de concessões elevará a competitividade do país, avalia a CNI

03 outubro 2012

Valor

SÃO PAULO – O plano de concessões de rodovias e ferrovias anunciado nesta quarta-feira pelo governo vai garantir mais competitividade para as empresas brasileiras, na avaliação de Robson de Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI). A previsão é de R$ 133 bilhões em investimentos em 25 anos. Para a CNI, o aumento da participação da iniciativa privada na economia é essencial para ajudar o país em questões de infraestrutura.

“O país precisa de investimentos em infraestrutura, que certamente vão dar mais competitividade à economia brasileira. Hoje temos estudos mostrando que enquanto o custo da logística nos Estados Unidos equivale de 6% a 8% do valor do produto no Brasil esse custo chega a 18%”, afirmou Andrade.

Para o presidente da CNI não se trata de privatizações, mas sim de concessões. Ele diz que a participação da iniciativa privada é a grande novidade deste plano do governo.

O estudo Competitividade Brasil 2010, feito pela CNI, aponta que o Brasil ocupa a pior posição em relação à qualidade do transporte em um grupo de 14 países, entre os quais estão Chile, Argentina, Colômbia e México. Na infraestrutura de transporte, o Brasil também perde para as principais potências emergentes: China, Índia, Rússia e África do Sul. A malha de transporte ruim eleva em 24,8% o custo operacional do frete brasileiro, segundo dados da Confederação Nacional dos Transportes (CNT). Os dados da CNT mostram que esse custo é menor nas rodovias administradas pela iniciativa privada, pois 87% delas estão em estado considerado bom ou ótimo.

Ao defender a extensão das concessões para portos e aeroportos, a CNI também sugere a definição de metas e uma política de integração com outros meios de transporte para facilitar o funcionamento do sistema portuário. No caso dos aeroportos, a CNI propõe a ampliação do número de terminais administrados por empresas privadas.

Participe do Aviação Regional: Impactos do Novo Plano para a Infraestrutura

Data: 06/12/2012

+ informações

Receba mais informações sobre o seminário.