X

Receba nossa programação por email

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS:

Encontro de Líderes de Contencioso de Massa 2016

07/08/2016 Das 9h às 18h

O Evento

Os desafios atuais enfrentados pelas empresas e escritórios jurídicos no tema Contencioso de Massa diante da crise será o destaque da edição 2016 do evento. O Encontro de Líderes terá inovadores cases de sucesso aplicados na gestão estratégica do contencioso por meio das informações extraídas da análise dos processos, formas de classificação e da contribuição para uma efetiva diminuição de demandas. Durante a conferência juristas serão abordados amplamente os seguintes temas:

– Gestão eficiente de pessoas e envolvimento dos demais departamentos da organização em ações preventivas;

– Avaliação de ferramentas tecnológicas que aperfeiçoam o controle dos processos e emissão de relatórios gerenciais;

– Dificuldades enfrentadas pela organização e entidades que atuam em defesa do consumidor;

– Elaboração de estratégias para gerir possíveis riscos para a imagem da empresa diante da nova realidade dos consumidores;

– Redução do custo do contencioso utilizando técnicas para antecipar o julgamento de ações e estabelecer acordos;

– Otimização do orçamento do departamento e correto provisionamento de gastos e contingências;

– Alterações legislativas previstas e impactos no planejamento de ações futuras;

– Estratégias para contratação de escritórios externos e o uso de indicadores para avaliação do desempenho dos mesmos.

– Análise dos dados oferecidos pelos prestadores de serviço X realidade dos processos

– A real necessidade da auditoria diária: Quais os benefícios e ganhos na auditoria externa que fica trabalhando internamente?

– Carta de Circulação: Discuta a polêmica Carta X Agilidade nos Processos X Escritórios: Como informatizar o processo e reduzir contratempos

Faça parte dessa seleta lista de especialistas. Inscreva sua equipe: inscricao@conceitoseminarios.com.br

Objetivo

A gestão do contencioso de massa de forma estratégica é hoje o maior desafio dos departamentos jurídicos. É uma ilusão acreditar que é lucrativo ter uma carteira volumosa de processos sem gerenciar eficientemente tais processos objetivando a satisfação do consumidor, fortalecimento da marca perante o cliente e ao poder judiciário e, por fim, obtendo resultados financeiros sustentáveis.

Como tratar, administrar, fortalecer a marca da organização e ainda ter lucro na condução de processos de massa? Com o intuito de responder estas e outras perguntas, a Conceito Seminários reuniu renomados profissionais do mercado para trazer práticas que têm dado resultados positivos na condução desses processos.

Público Alvo

  • Superintendentes, Diretores, Gerentes, Coordenadores Jurídicos
  • Especialistas da Área Jurídica, Contencioso e Direito do Consumidor envolvidos com grandes volumes de contencioso.
  • Profissionais de escritórios terceirizados que atuam diretamente na área de Contencioso de Massa.

Palestrantes

Antonio Carlos Guido Júnior - Samsung

Bacharel em Administração de Empresas, formado pela Universidade Braz Cubas. Bacharel em Direito, formado pela Universidade Braz Cubas. Ouvidor certificado pela Associação Brasileira de Ouvidores/Ombudsman. Docente da ABO – Associação Brasileira de Ouvidores/Ombudsman, em cursos de capacitação, atualização profissional e treinamentos para a certificação de Ouvidores e Sistema de Ouvidorias, tanto para o setor público, como para o setor privado. Coautor da obra Tutela Administrativa do Consumidor- Editora Atlas- 2014- Trabalho coordenado pelo autor do CDC – Dr. José Geraldo Brito Filomeno. Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor – PROCON/ SP (de 21/05/1986 a 03/02/2003); Cargo: Diretor Técnico de Fiscalização. Consultor na área de Relações de Consumo.

www.samsung.com/br/

Gustavo Gonçalves Gomes - Siqueira Castro Advogados

Especializado nas áreas de Direito Processual Civil, Direito Civil, Consumidor e Contratos. Mestre em Direito Processual Civil na PUC-SP. Doutor em Direito Processual Civil pela PUC-SP. Especialista no planejamento estratégico e práticas de gestão do contencioso empresarial (cível e trabalhista), tendo ministrado inúmeras palestras sobre o tema. Membro da do Instituto Brasileiro de Direito Processual-IBDP. Eleito pela Análise Advocacia um dos advogados mais admirados do Brasil na área de Consumidor. Diplomado pela Pontifícia Universidade do Rio de Janeiro – PUC-RJ.

www.siqueiracastro.com.br/

Jayme Souza - Samsung

Advogado formado pela universidade Presbiteriana Mackenzie e especializado em direito empresarial pela FGV/SP. Atua há 10 anos com gestão de contencioso em departamentos jurídicos de grandes empresas nacionais e multinacionais nos ramos de indústria e varejo. Foi fundador e primeiro Presidente do Comitê Jurídico do Varejo, bem como é membro da Comissão Jurídica da área de Dispositivos Móveis da Associação Brasileira da indústria Elétrica e Eletrônica (ABINEE) e do Grupo de Assistência Técnica e Direito do Consumidor da Associação Nacional De Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros). Também é membro do Comitê Técnico dos fornecedores participantes da plataforma Consumidor.gov.br, nomeado pela portaria 58/2014 da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon).

www.samsung.com/br/

Ricardo Freitas - JUSPRO

Graduado em Direito pela FMU, Especialista em Direito Tributário pela APET ; em Marketing de Serviços e Gestão de Contencioso de Volume pela FGV; em Marketing Digital pela ESPM e em Negociação pelo IBMEC. Professor universitário e de MBA em Administração Legal. Atualmente é o Diretor da Juspro - Justiça Sem Processo - 1a. Câmara Privada de Mediação Cadastrada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

www.juspro.com.br/

Rodrigo Nholla - Procon

Assessor Executivo respondendo pela Diretoria de Programas Especiais do Procon. Especialista na área Societária e Contratos, Código e Defesa do Consumidor.

www.procon.sp.gov.br/

Antonio Carlos Pajoli - Cetelem

Diretor Jurídico da Cetelem, empresa financeira do Grupo BNP Paribas, no segmento de cartões de crédito e crédito consignado. Advogado formado pela PUC/SP com mestrado em Administração de Empresas pela FEA/USP.

www.cetelem.com.br

Flávio Citro Vieira de Mello - Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Juiz Titular do II Juizado Especial Cível da Comarca da Capital, Juiz Coordenador do Centro Permanente de Conciliação dos Juizados Especiais Cíveis, Investigador Principal do Centro de Estudos de Direito do Consumo de Coimbra, de Direito Comparado (Direito Luso-Brasileiro de Consumo). Formado em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), professor convidado em várias universidades e instituições, como: Universidade Gama Filho, Instituto Brasil Cultural, Universidade Estácio de Sá, Univercidade e Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro. Recebeu menção honrosa nas edições I e IX do Prêmio Innovare, além de ser agraciado com o Calor de Mérito Judiciário em 2008 pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Participou de diversos eventos internacionais com publicação de obras e artigos em revistas especializadas.

www.tjrj.jus.br/

Júlio César Caciatori Martins - Cielo

Advogado com mais de 18 anos de experiência na área jurídica de Instituições Financeiras, Empresas de Serviços e Escritório de Advocacia. É pós-graduado em direito civil (FMU) e em direito processual civil (PUC/SP), respondendo pela Gerência de Contencioso da CIELO S.A., desde 2011.

www.cielo.com.br

Programação

08h30

Recepção e Credenciamento dos Participantes

08h40

Abertura do Seminário pela Presidente de Mesa

Antonio Carlos Guido Jr
Legal Department da Samsung

09h00

Política de Acordos Extrajudiciais: Reduza Custos no Contencioso, Utilize Técnicas para Antecipação dos Julgamentos das Ações fora do Judiciário, Obtenha Maior Agilidade dos Processos Mediante a Estruturação dos Acordos

Como forma de reduzir custos e ganhar mais agilidade nos processos, o contencioso necessita implementar uma política de acordos eficiente. Porém, é imprescindível que os planos de recuperação de créditos estejam alinhados ao Código de Defesa do Consumidor, a fim de evitar aumento de custos pelos questionamentos judiciais. Esta palestra trará experiências concretas de como obter êxito nas conciliações, reduzir as demandas e melhorar a performance do departamento jurídico.

– Entenda os benefícios e desafios da implementação da política de acordos
– Mediação, conciliação e celeridade processual como forma de diminuir a intensidade de processos no judiciário e atender as estratégias da organização
– Saiba como os meios não litigiosos podem melhorar o relacionamento com o consumidor, reduzir custos para a empresa e prevenir novas demandas
– Defina a melhor política de acordo para grandes volumes de contencioso
– Discuta sobre formas de gerir essa conciliação internamente e saiba como a atuação em conjunto com órgãos julgadores e agências reguladoras podem contribuir para a redução do prazo dos processos

Flávio Citro Vieira de Mello
Juiz de Direito Titular no II Juizado Especial Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro

10h00

Coffee Break e Networking

10h30

Formas de redução das reclamações fundamentadas junto aos órgãos de Proteção e Defesa do Consumidor

– SAC eficiente é sinônimo de redução de demandas (Procon/Judiciário)
Capacitação dos profissionais para trabalhar nos SAC é o primeiro passo, além da mudança no comportamento das empresas que devem acolher as reclamações dos consumidores, buscando sempre uma solução que respeite o direito do consumidor.
– Criação de uma equipe dentro da estrutura do escritório/empresa para atender as demandas dos Procon, de forma que as soluções possam ser mais eficientes, rápidas e na fase preliminar e evitando a necessidade de marcação de audiência que onera a empresa e traz transtornos aos consumiodores.
Identificação de quais são as reclamações dos consumidores e porque elas surgem, onde o SAC está falhando, e se as demandas não atendidas são mais custosas que a solução de pronto, evitando também o desgaste na imagem da empresa.
– Quando da identificação de questões que podem resultar em grandes demandas as empresas devem de forma preventiva buscar os Órgãos de Proteção e Defesa do Consumidor para proposição de soluções mais adequadas aos consumidores, na tentativa de minimizar os futuros conflitos.

Rodrigo Nholla
Diretor Programas Especiais do Procon

11h10

Desafios de Gestão Gerenciamento no Contencioso de Volume

Gerenciamento e Contencioso de Massa: Tendências para Gerir Processos, Atuar em Linha com Escritórios e Garantir a Qualidade na Execução dos Processos
Encerramento de processos de forma rápida e o correto alinhamento entre o departamento jurídico e os escritórios de advocacia, além do comprometimento e qualidade na execução dos processos são alguns dos desafios listados pelo mercado quando o assunto é contencioso volumoso. Trazemos para essa palestra as melhores estratégias de grandes empresas para gerir o departamento jurídico evitando perdas e gerando ganhos para o negócio tomando as decisões certas
– Como a empresa deve controlar o escritório terceirizado para que haja qualidade nos processo e debata como fazer essa gestão aumentando a qualidade e diminuindo as ações?
– Como fazer o eficiente acompanhamento de processos e controles para que seja o mais próximo da realidade dos processos: Novas tecnologias na gestão no contencioso no departamento jurídico?
– Entenda até que ponto a informatização está sendo absorvida na gestão
– Como escolher o sistema certo para mapeamento de processos de gestão?
– Cliente como parceiro e não como concorrente para diminuir barreiras

Jayme Souza
Legal Supervisor at Samsung Electronics

11h50

Momento de Perguntas e Respostas: Nessa sessão especial de Networking Pré-Almoço você vai poder interagir e esclarecer suas dúvidas: Uma mesa redonda com as visões do judiciário X departamento jurídico X escritório de advocacia para esclarecimentos das principais e atuais questões do contencioso.

12h10

Almoço

14h10

Departamento Jurídico como parceiro da empresa: Saiba como o jurídico consolidado de forma estratégica reduz custos e alinha o relacionamento com outras áreas de organização

Para uma gestão estratégica do contencioso, o jurídico precisa entender a cultura e o negócio da organização, mantendo um constante diálogo com todas as áreas da empresa. Assim, é possível ter uma visão ampliada do negócio e ajudar a traçar novas ações. Mas como dar conta do próprio trabalho e também da relação com as outras áreas? Participe desta palestra e entenda como esta prática poderá ajudá-lo a identificar a causa raiz, reduzir demandas processuais e futuros prejuízos financeiros para a organização.
– Implemente fluxos de trabalho que ampliam a troca de informações e conhecimento com as demais áreas da empresa
– Como a gestão eficiente das pessoas e o envolvimento dos demais departamentos da organização podem resultar em ações preventivas efetivas, evitando retrabalhos do jurídico?
– Atuação Preventiva: Analise e redesenhe os processos internos diminuindo o passivo com mensuração das falhas e análise da causa raiz
– Estabeleça critérios de análise dos processos e encontre o caminho para criar ações corretivas que resultem em redução de demandas judiciais
– Mapeie a origem dos gastos e prejuízos e minimize o passivo focando no problema

Ricardo Freitas
Diretor da JUSPRO

Julio Cesar Caciatori Martins
Gerente Jurídico Contencioso da Cielo

15h10

Terceirização, Diminuição da Estrutura e Redução do Passivo: Crise Econômica e a Nova Realidade no Contencioso

– Discuta a Readequação do seu Departamento Jurídico Considerando o Contexto Atual de Crise e Entenda o que Realmente Muda no seu Dia a Dia com o Novo Cenário

Neste painel serão abordadas formas de administrar a nova rotina do contencioso de volume no contexto de crise, demissões e terceirização, tendências para minimizar o aumento de processos e ainda a polêmica questão dos honorários e redução de custo. Encontre as melhores práticas para reduzir custos e garantir mais eficiência

– Terceirização das ações de massa com escritórios: discuta quais as alternativas e formas de contratação viáveis
– Debata as melhores estratégias para criar políticas de diminuição de ações frente à crise
– Discuta ainda a polêmica questão dos honorários e a redução de custo e encontre a melhor solução para a eficiente redução econômica diante da crise: O dilema entre a redução custo a partir da diminuição de honorários X redução de ações judiciais a partir da qualidade no serviço prestado

Antonio Carlos Pajoli
Diretor Jurídico da Cetelem

Gustavo Gonçalves Gomes
Sócio do Siqueira Castro Advogados

16h20

Coffee Break e Networking

16h50

Impactos do novo Código de Processo Civil no Contencioso

– Como os meios eletrônicos estão sendo utilizados para fazer às vezes da mediação?

Julio Cesar Caciatori Martins
Gerente Jurídico Contencioso da Cielo

17h30

Momento de perguntas e respostas: Debate final sobre cases abordados e novos conteúdos adquiridos durante o dia de palestras. Reforce sua rede de relacionamentos e esclareça as principais questões para sua empresa

18h00

Encerramento

Compartilhe este seminário

Contato

Receba mais informações sobre o seminário.

Data

07/08/2016
Das 9h às 18h

Local

Meliá Jardim Europa
R. João Cachoeira, 107 - Itaim Bibi - São Paulo

Investimento

R$ 990 para inscrições pagas até 01/06 (Lote Especial com 60% de desconto)
R$ 1590 para inscrições pagas até 03/06  (esgotado)
R$ 1890 para inscrições pagas até 17/06  (esgotado)
R$ 2190 para inscrições pagas até 01/07 (esgotado)
R$ 2490 para inscrições pagas até 07/07

Incluso

– Material de Apoio Digital: Palestras copiadas em pen drive
– Alimentação:
Welcome Coffee
Coffee Break Manhã
Almoço
Coffee Break Tarde
– Estacionamento do Hotel
– Certificado de participação no Seminário

Patrocínio

Conheça as opções de patrocínio e razões para expor a marca da sua empresa nesse evento que reunirá especialistas de grandes departamentos jurídicos, sócios de grandes escritórios, juristas, órgãos de defesa do consumidor. Para patrocinar ligue para (11) 2364-0007 (21) 3734-0090

Patrocínio

FácilKURIER

Apoio

ADVOGADOS COLABORADORES
ADVOGADO CORPORATIVO
FDJUR
GEJUR

Compartilhe